Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“A Bela e o Paparazzo” – Poster, Fotos e Trailer.

em: 2009/12/07 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “A Bela e o Paparazzo” – Poster, Fotos e Trailer. | lido: 2.675 vezes

António-Pedro Vasconcelos, um dos mais populares (e porque não dizê-lo, melhores) realizadores Portugueses estará de volta aos cinemas nacionais a 28 de Janeiro, com “A Bela e o Paparazzo“. Trata-se de uma comédia romântica, na tradição de Billie Wilder (nas palavras do realizador), com Soraia Chaves e Marco D’Almeida nos papéis do título. E, se invocar o nome do mestre pode parecer sacrilégio, António-Pedro já demonstrou uma segurança e um rigor no seu trabalho que não nos permite duvidar da referência. Autor do excelente “Os Imortais” (na minha modesta opinião, um dos melhores filmes dos últimos anos), é um excelente contador de estórias, tornando-as acessíveis e despretenciosas, coisa rara no actual cinema Português. Saúdo pois o regresso de António-Pedro, cineasta que, desde o já referido “Os Imortais”, felizmente deixou de o ser bisexto.

O filme conta também com as interpretações de Nuno Markl, Pedro Laginha, Maria João Luís, Virgílio Castelo, Ivo Canelas, Maria João Falcão e Nicolau Breyner. Podem vê-los nas imagens que se seguem, e no trailer abaixo.

Resta só dizer que o filme conta a estória de uma bela e popular actriz de telenovelas que se apaixona (e vice-versa) pelo paparazzo que lhe tem feito a vida negra, nas revistas cor-de-rosa. É escusado dizer que ela não sabe quem ele realmente é. É o tipo de estória que pode provocar excelentes momentos de boa disposição, o que só por si já é uma boa razão para ir ao cinema. Apoiar o cinema Português é outra.

P.S.: Tem também uma canção nova de Jorge Palma, que se pôde ouvir parcialmente no trailer.

Deixe um comentário