Fantasporto 2020 – Dia 8 de Março.

Fantasporto 2020 – Dia 8 de Março.

Já tinha dado por encerrada esta edição do Fantasporto 2020, a 40ª, quando decidi ir à sessão dos premiados da secção de cinema portugu. [...]

Cinema 2019 – Os Melhores (e piores).

Cinema 2019 – Os Melhores (e piores).

Já há uns anos que não fazia uma lista de melhores do ano, mas este ano, talvez por termos completado 10 anos de actividade, resolvi retomar . [...]

Sugestões para o Halloween 2019.

Sugestões para o Halloween 2019.

Mais uma vez, trago-vos algumas sugestões de filmes para o Halloween, depois de ter falhado o ano passado. À semelhança de 2017, todas as sug. [...]

10 Anos / 20 Escolhas #10 – 2018.

10 Anos / 20 Escolhas #10 – 2018.

Para terminar a iniciativa de comemoração do 10º aniversário do laxanteCULTURAL, temos o amável contributo da Rita Santos, a.k.a. FilmPuff,. [...]

“The Haunting Of Hill House” – A obra-prima de Mike Flanagan.

“The Haunting Of Hill House” – A obra-prima de Mike Flanagan.

Toda a gente que costuma ler as minhas sugestões para o Halloween sabe que sou um grande fã do Mike Flanagan desde “Oculus“, de 2013. J. [...]

“A Good Day To Die Hard” – Poster e Trailers.

em: 2012/10/26 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “A Good Day To Die Hard” – Poster e Trailers. | lido: 2.948 vezes

John McClane está de volta. Quem me conhece sabe que o primeiro “Die Hard” é um dos filmes da minha vida, portanto cada aventura do polícia certo no local e hora errados é para mim motivo de grande satisfação e entusiasmo, principalmente quando é bem feito, como parece ser o caso. No entanto, a mudança de cenário para a Rússia parece-me ser um passo maior do que a perna, apesar de resultar numa das melhores frases publicitárias do ano:

Estivéssemos ainda na Guerra Fria e iam rolar cabeças. Adiante. McClane vai ter com o filho à Rússia e … pronto, é isto e basta para muita acção, piadas rápidas e certeiras e muito fogo de artificio. Não se espera nada com a elegância e arte do primeiro filme, mas será divertimento garantido. Bruce Willis, Jai Courtney e Mary Elizabeth Winstead são o clã McClane (só eu é que sinto falta da Bonnie Bedelia?), agora dirigidos por John Moore (“ Atrás das Linhas do Inimigo “). Pelos trailers, Este será um dos grandes filmes do género em 2013…

Ouvir o “Hino à Alegria” de Bethoven com John McClane aos tiros deixa-me sempre com pele de galinha… E a vocês?

Deixe um comentário