Sugestões para o Halloween 2017 no Netflix.

Sugestões para o Halloween 2017 no Netflix.

Chegou a altura do ano em que vos faço algumas recomendações para o Halloween. Desta vez, e porque o Netflix se tem tornado uma plataforma ca. [...]

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Agora” – Poster e Trailer

em: 2009/05/06 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “Agora” – Poster e Trailer | lido: 1.733 vezes

Alejandro Amenábar ficou internacionalmente conhecido pelo seu 4º filme espanhol “Abre Los Ojos” ( o remake americano “Vanilla Sky” é pior mas mais conhecido), que lhe abriu as portas de Hollywood e da então família Cruise. Seguiu-se-lhe “The Others – Os Outros“, com Nicole Kidman, e regressou a Espanha para “Mar Adentro” com Javier Bardem,  vencedor do óscar para melhor filme em língua estrangeira. Agora, chega-nos “Agora“. Regresso ao cinema internacional, com a oscarizada Rachel Weisz como a famosa professora de filosofia e ateia Hypatia de Alexandria. Passado no Egipto Romano, conta a estória de um escravo que se junta à crescente onda do Cristianismo, em busca da liberdade, mas que se apaixona pela sua mestra, interpretada por Weisz. O trailer revela-nos um filme épico, à escala das grandes produções americanas históricas dos anos 50 e 60, com cenas de grande efeito e, ou não fosse realizado por um Europeu, de grande intensidade dramática. Estará no festival de Cannes e estreará em Dezembro.

Deixe um comentário