Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

Alfred Hitchcock – Uma Hora Com o Génio.

em: 2009/10/17 | por: | em: Cinema, Televisão | 1 comentário em Alfred Hitchcock – Uma Hora Com o Génio. | lido: 2.431 vezes

Alfred Hitchcock é, para mim, um dos maiores realizadores de sempre (a ponto de achar redutor quando o apelidam de “Mestre do Suspense“). Com uma obra extensa e superior a todos os níveis (mesmo os filmes menores tem grandes momentos), é também o homem por detrás da obra que sempre me fascinou. Com uma vida aparentemente monótona, tinha um sentido de humor e uma inteligência acima da média, e uma figura cómica mas que era capaz de nos assustar e amedrontar. Além do cinema, foi muito popular na televisão, tendo apresentado séries de grande sucesso por mais de uma década. Mas aquilo que se segue é um momento raríssimo e que há muito se julgava perdido: Uma entrevista de uma hora (não chega a tanto porque falta a publicidade) que deu em 1973 a Tom Snyder no programa Tomorrow. Reposto em 1980, ano da sua morte,  é uma gravação em VHS (daí a fraca qualidade) dessa reposição que foi agora divulgada no Youtube. Verdadeiro serviço público, é o que é. Numa fase avançada da sua vida, Hitchcock fala de si, do seu cinema e conta muitas estórias e histórias divertidas, sempre com o seu sentido de humor apurado e uma enorme consciência do seu estatuto e da sua imagem. Para ver e aprender.







{ 1 Comentário… leia mais abaixo ou adicione um }

marcos Abril 1, 2010 às 23:53

quero ver essa série. espero que faça muito sucesso e passe numa rede de tv aberta. esse site é muito bom!

Responder

Deixe um comentário