Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Californication” – Nova promo da 3ª temporada.

em: 2009/08/18 | por: | em: Televisão | Sem comentários em “Californication” – Nova promo da 3ª temporada. | lido: 3.166 vezes

É uma orgia de talento. É assim que é feita a promoção da 3ª temporada de “Californication“, do canal por cabo Americano Showtime. E esta frase faz referência a 2 coisas: À sexualidade, característica vincada da série deste o inicio (a começar pelo título), mas também ao excelente elenco convocado para este regresso. Embeth Davidtz (“A Lista De Schindler“, “In Treatment“), Peter Gallagher (“Sexo, Mentiras e Vídeo“, “Beleza Americana“), Kathleen Turner (“Noites Escaldantes“, “As Virgens Suícidas“) e Peter Fonda (“Easy Rider“), juntam-se ao elenco fixo liderado por David Duchovny e Natascha McElhone. E se, na questão do talento, estamos conversados, na questão da orgia nunca tivemos dúvidas. Aliás, não será a primeira nem certamente a útima em “Californication”. As séries do Showtime são caracterizadas pela irreverência e por abordarem assuntos considerados tabú na televisão (principalmente na Americana): Drogas (“Weeds“), Assassínio (“Dexter“), Lesbianismo (“A Letra L“), elevados a um expoente que os torna quase banais.

“Californication” é puro divertimento, adulto, inteligente e despretensioso. Regressa no final do próximo mês e, pelos vistos, em grande forma.

Uma última nota para o facto das primeiras duas temporadas estarem a ser exibidas diariamente, de 2ª a 6ª, na RTP 1. A não perder.

Deixe um comentário