Sugestões para o Halloween 2017 no Netflix.

Sugestões para o Halloween 2017 no Netflix.

Chegou a altura do ano em que vos faço algumas recomendações para o Halloween. Desta vez, e porque o Netflix se tem tornado uma plataforma ca. [...]

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Hitchcock” – Poster, Fotos, Trailers e Featurette.

em: 2012/11/11 | por: | em: Cinema | 1 comentário em “Hitchcock” – Poster, Fotos, Trailers e Featurette. | lido: 1.389 vezes

Sendo um fã incondicional de Alfred Hitchcock, foi com um misto de receio e satisfação que acolhi as noticias sobre dois projectos centrados na vida e obra do cineasta. Receio porque, sendo uma figura icónica que eu bem conheço de DVD’s, séries de televisão, livros e afins, teria de haver um enorme trabalho de composição para que o ‘boneco’ resultasse. Satisfação porque, sendo um dos maiores génios da sétima arte de sempre, um olhar de bastidores mais próximo e pessoal seria um prato cheio para a minha alma cinéfila.

Entretanto, começaram a ser divulgados imagens e trailers dos dois projectos e o meu receio e satisfação dividiram-se entre os dois projectos. De “The Girl“, telefilme da HBO, falarei no próximo artigo, uma vez que já estreou e eu já o vi. “Hitchcock“, o projecto cinematográfico realizado por Sacha Gervasi, foi aquele sobre o qual recaíram os meus maiores receios. De cada vez que vejo algum do material, tenho a sensação que o realizador escolheu o caminho errado desde o inicio, ao escolher estrelas para encarnarem figuras tão icónicas era inevitável que houvesse um problema de egos, e o caso mais claro está no par de protagonistas. Anthony Hopkins e Hellen Mirren são excelentes actores, ambos com Óscares na estante, mas que sempre impõem a sua personalidade nas suas interpretação. Aquilo que seria ideal neste projecto, era ter bons actores que , principalmente, tivessem parecenças físicas com as personagens icónicas e desaparecessem dentro delas.

Ora, desde que apareceu o primeiro poster, tudo o que vejo é um Anthony Hopkins velho, careca e gordo, cujas parecenças com o mestre serão apenas coincidência proporcionada pelo departamento de caracterização. Os trailers não ajudam, uma vez que este Hitchcock soa a… Anthony Hopkins. O caso de Hellen Mirren ainda é pior, pois é uma mulher magnifica e Alma Reville era um patinho feio que usava óculos de fundo de garrafa. Aqui não há coincidência, e muito menos semelhança. O único do elenco que realmente se parece com a sua personagem é James D’Arcy. Basta olhar para uma das fotos abaixo para identificar Anthony Perkins.

E é esse o maior atractivo do filme, ser sobre a rodagem do meu filme preferido do realizador (o único que tem dois títulos na lista dos 10 filmes da minha vida), “Psycho“. Não só o filme é uma obra-prima, como o processo de rodagem e promoção do filme foi um autêntico jogo com os espectadores, sempre com Hitchcock a prever e frustrar-lhes as expectativas, mas propocionando-lhes uma experiência inesquecível. Já vi e li tudo o que está disponível sobre “Psycho” e estou muito curioso para ver esta abordagem ao processo de criação do filme. Se me conseguir alhear das diferenças entre estas personagens e as reais.

Do elenco fazem ainda parte Scarlett Johansson como Janet Leigh, Danny Huston como Whitfield Cook, Jessica Biel como Vera Miles, Toni Collette como Peggy Robertson, Ralph Macchio como Joseph Stefano ( Robertson e Stefano, secretária de Hitch e argumentista de “Psycho”, são mesmo duas das personagens que melhor conheço, por causa do belíssimo making of que consta nos DVD’s e Blu-ray do filme) e Michael Wincott como Ed Gein. E é esta a personagem que pode fazer a diferença, o serial-killer no qual o romance era baseado (além de outros filmes e livros como “O Massacre no Texas” e “O Silêncio Dos Inocentes“), e que estava internado num manicómio quando o filme foi rodado. Espero que a sua inclusão na trama não seja demasiado forçada. Posto isto, existe quanto a este projecto um misto de desilusão e expectativa. Veremos para que lado pende, quando o filme estrear por cá a 7 de Fevereiro. Para já, fiquem com os Posters, Fotos, Trailers e Featurette…

Deixe um comentário