Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

Julie & Julia – Trailer

em: 2009/04/30 | por: | em: Cinema | Sem comentários em Julie & Julia – Trailer | lido: 1.814 vezes

O poster fantástico e minimalista que acabam de ver diz respeito ao novo filme da realizadora e argumentista Nora Ephron. Celebrizada mundialmente por ter escrito uma das melhores comédias românticas de sempre, “When Harry Met Sally” de Rob Reiner, e realizado “Sleepless In Seattle“, outra muito interessante variação do género, adapta agora não um, mas dois livros: “My Life in France” de Julia Child e “Julie & Julia” de Julie Powell. As escritoras são interpretadas por duas excelentes actrizes de duas gerações, Meryl Streep e Amy Adams que, curiosamente, estavam ambas nomeadas para os óscares deste ano pelas suas interpretações em “Doubt“. Curioso neste filme será, além de ver como Ephron cruza as duas estórias de épocas diferentes, ver como as duas actrizes partilham o ecrã, embora não juntas, num registo completamente diferente do anterior. Se Streep é sempre um prazer de ver representar, Adams é uma das mais seguras acrizes da nova geração. Se Ephron estiver em boa forma (já tem algumas nódoas no currículo, ninguém é perfeito), temos filme…

Deixe um comentário