Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

Julie & Julia – Trailer

em: 2009/04/30 | por: | em: Cinema | Sem comentários em Julie & Julia – Trailer | lido: 1.596 vezes

O poster fantástico e minimalista que acabam de ver diz respeito ao novo filme da realizadora e argumentista Nora Ephron. Celebrizada mundialmente por ter escrito uma das melhores comédias românticas de sempre, “When Harry Met Sally” de Rob Reiner, e realizado “Sleepless In Seattle“, outra muito interessante variação do género, adapta agora não um, mas dois livros: “My Life in France” de Julia Child e “Julie & Julia” de Julie Powell. As escritoras são interpretadas por duas excelentes actrizes de duas gerações, Meryl Streep e Amy Adams que, curiosamente, estavam ambas nomeadas para os óscares deste ano pelas suas interpretações em “Doubt“. Curioso neste filme será, além de ver como Ephron cruza as duas estórias de épocas diferentes, ver como as duas actrizes partilham o ecrã, embora não juntas, num registo completamente diferente do anterior. Se Streep é sempre um prazer de ver representar, Adams é uma das mais seguras acrizes da nova geração. Se Ephron estiver em boa forma (já tem algumas nódoas no currículo, ninguém é perfeito), temos filme…

Deixe um comentário