Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Micmacs a Tire-Larigot” de Jean Pierre Jeunet – Trailer.

em: 2009/06/30 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “Micmacs a Tire-Larigot” de Jean Pierre Jeunet – Trailer. | lido: 1.597 vezes

Jean Pierre Jeunet é o realizador por trás de sucessos como “Delicatessen” (com Marc Caro), “Alien: Resurrection” e “Amélie“. Agora, 5 anos depois de “Un Long Dimanche de Fiançailles“, apresenta-nos “Micmacs a Tire-Larigot“. E, aparentemente, é um regresso ao universo muito peculiar de “Delicatessen” e “Amélie”. Personagens grotescos, situações excêntricas, cores fortes, movimentos de câmara singulares… parece estar tudo aqui. E a estória também ajuda à comparação: Bazil (Dany Boon) é o filho de um perito em desarmamento de explosivos que morre no deserto de Marrocos na sequência de uma explosão. Anos depois, numa discoteca, é baleado na cabeça. Sobrevive, mas tem de viver com a bala alojada no cérebro, o que lhe causa estranhos efeitos secundários. Perde o emprego e reúne um grupo de maltrapilhos com o intuito de perseguir os dois fabricantes de armas que lhe causaram o seu infortúnio.

Vejam algumas fotos:

O trailer, acabadinho de divulgar, é curtíssimo, mas apesar disso, é um bom pronúncio de que a incursão de Jeunet no terror ou meloframa, não lhe toldou o talento. Ei-lo

Deixe um comentário