Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“My Son, My Son, What Have Ye Done” – Trailer.

em: 2009/08/19 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “My Son, My Son, What Have Ye Done” – Trailer. | lido: 1.440 vezes

Este é daqueles filmes que, não sabendo sequer da sua existência, bastou ver o trailer para se tornar um dos que tenho mais curiosidade em ver. E as razões são as seguintes: É um filme de Werner Herzog, cineasta alemão responsável pelo remake de “Nosferatu” com Klaus Kinski, “Fitzcarraldo” ou “Rescue Dawn“; É produzido por David Lynch, que dispensa apresentações; Tem um elenco composto por nomes de segunda linha, mas que são actores de primeira, com vários nomeados para o Óscar como Willem Dafoe, Michael Shannon ou Chloë Sevigny; É um policial negro que envolve um matricídio e um filho alucinado (alguém não se lembra de “Psycho“?).

O filme conta a estória de um homem que, após experiências místicas, mata a mãe com uma espada. O trailer é bastante interessante, com uma fotografia negra e densa, tom que certamente se ajusta à narrativa. O nome de Lynch pode não aparecer aqui por acaso, já que o cinesta se move normalmente nestes terrenos. O filme só estreia em 2010, mas antes poderemos ver “Bad Lieutenant: Port of Call New Orleans“, também realizado por Herzog e remake do excelente “Bad Lieutenant” de Abel Ferrara que, talvez por isso ou por contar com Nicolas Cage no papel que antes fora de Harvey Keitel, não me inspira para já tanta curiosidade.

Fiquem com o trailer e digam lá se não vos parece bem…

Deixe um comentário