Sugestões para o Halloween 2020 – Streaming.

Sugestões para o Halloween 2020 – Streaming.

Volto às minhas recomendações para o Halloween e, para o ano de 2020, de filmes e séries que podem ser vistas nas três plataformas de strea. [...]

“The Haunting Of Bly Manor” – Flanagan de Luxo.

“The Haunting Of Bly Manor” – Flanagan de Luxo.

Mike Flanagan. Quem costuma visitar este espaço sabe o apreço que tenho pelo homem, que considero o mais sólido e inventivo realizador a tra. [...]

Fantasporto 2020 – Dia 8 de Março.

Fantasporto 2020 – Dia 8 de Março.

Já tinha dado por encerrada esta edição do Fantasporto 2020, a 40ª, quando decidi ir à sessão dos premiados da secção de cinema portugu. [...]

Cinema 2019 – Os Melhores (e piores).

Cinema 2019 – Os Melhores (e piores).

Já há uns anos que não fazia uma lista de melhores do ano, mas este ano, talvez por termos completado 10 anos de actividade, resolvi retomar . [...]

10 Anos / 20 Escolhas #10 – 2018.

10 Anos / 20 Escolhas #10 – 2018.

Para terminar a iniciativa de comemoração do 10º aniversário do laxanteCULTURAL, temos o amável contributo da Rita Santos, a.k.a. FilmPuff,. [...]

Contagem Decrescente para os Óscares… Com Craig Ferguson!

em: 2010/03/07 | por: | em: Cinema, Televisão | 1 comentário em Contagem Decrescente para os Óscares… Com Craig Ferguson! | lido: 2.632 vezes

Quem me segue no twitter ou no facebook sabe que estou completamente viciado no “The Late Late Show with Craig Ferguson“. Diariamente procuro a Internet em busca de um novo episódio para ter a minha dose. O que é que isto tem a ver com os Óscares? Nada, ou melhor, tem que o Craig, no programa de sexta-feira, tece algumas considerações sobre a cerimónia e tudo aquilo que a rodeia. São opiniões que eu partilho e, por isso, nada melhor do que aguardar pela cerimónia com uma dose de bom humor do melhor apresentador de talk shows da actualidade.

Para quem não conhece, convém tecer algumas considerações. “The Late Late Show with Craig Ferguson” é um programa da CBS e Craig uma aposta pessoal de David Letterman. Escocês naturalizado Americano, ex-dependente de álcool e drogas, limpo desde 1992 (embora às vezes seja difícil de acreditar), Stand-up comedian, escritor e apresentador do programa que conta já com mais de 1000 edições. A grande diferença entre este e outros programas do género é que é (aparentemente) feito sem rede. Não há banda, não há side-kicks e (já) não há sketches a interromper a conversa. Há apenas Ferguson, imensa criatividade e loucura e uma plateia que entende o humor inteligente e corrosivo do apresentador. Há leitura de e-mails e twitties (única rubrica do programa) e a palavra espanhola do dia, pois a resolução de ano novo de Ferguson foi aprender Espanhol e fazer o último programa deste ano nessa língua. Não consigo imaginar que programa será, tendo em conta as palavras que têm sido escolhidas. Antes da cerimónia dos Óscares (que comentarei em directo pelo twitter, à semelhança dos Globos de Ouro), vejam o programa de sexta, e não se esqueçam de que pode provocar dependência…

Deixe um comentário