Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

Oscars 2010 – Nomeado Para Curta de Animação 5/5 – “A Matter of Loaf and Death”.

em: 2010/02/19 | por: | em: Cinema, Crítica | Sem comentários em Oscars 2010 – Nomeado Para Curta de Animação 5/5 – “A Matter of Loaf and Death”. | lido: 3.033 vezes

Depois de  “French Roast“, “Granny O’Grimm’s Sleeping Beauty“, “The Lady and The Reaper” e “Logorama“, este é o quinto dos cinco nomeados para o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação, e é o peso-pesado do grupo. “A Matter of Loaf and Death” é a quinta aventura da famosa dupla Inglesa Wallace & Gromit (sem contar com a série de 10 clips de pouco mais de 1 minuto “Wallace & Gromit’s Cracking Contraptions” e alguns videojogos) e a quinta a ser nomeada para o Óscar. Das outras nomeações, só não ganhou a primeira, contando portanto com 3 Óscars na prateleira (2 para Melhor Curta-Metragem de Animação e 1 para Melhor Filme de Animação).

Desta feita, o parvo inventor e o seu fiel e inteligente cão são padeiros. Quando doze outros fabricantes de pão são assassinados, Wallace e Gromit temem ser os próximos. Entretanto, Wallace apaixona-se por uma antiga modelo de um anuncio a uma marca de pão, também ela com uma fiel amiga tão inteligente e meiga como Gromit. São estes os ingredientes para mais um pão… perdão, para mais um filme de aventura, inteligência e competência técnica em stop-motion, saído dos estúdios Ingleses da Aardman.

Nick Park, o multi-Oscarizado realizador não sabe fazer um mau filme, como o provam as nomeações da Academia para todos os seus filmes que envolvem esta dupla. E não é teimosia da Academia: Além de serem do melhor que tem sido feito na animação de volumes, os filmes da série têm uma imaginação e um rigor raramente encontrados. E referências cinéfilas também. Neste último, por exemplo, há uma cena em que Gromit sobe as escadas de uma mansão. Toda a cena está feita segundo a lição de Hitchcock em “Psycho“: Não filmar o herói como se fosse um criminoso. A cena é quase recriada plano a plano (excepto a parte em que Arbogast é mortalmente esfaqueado ao chegar ao topo), e o clima de tensão e suspense é elevadíssimo (além de ser um tremendo gozo para os cinéfilos). Além disso, a cena funciona perfeitamente na estória, fornecendo-lhe o contraponto para toda a diversão que a mesma contém.

“A Matter of Loaf and Death” têm uma vantagem desleal em relação aos outros nomeados: Os seus cerca de 30 minutos de duração (os outros quatro juntos têm cerca de 37), dá-lhe espaço para desenvolver uma estória mais elaborada , com várias reviravoltas, dando tempo ao espectador para ir assimilando a acção e o divertimento com que vai sendo confrontado. Isso não torna a experiência necessariamente mais rica, pois já vimos que há filmes nesta categoria que fazem da síntese narrativa a sua força, mas pode prolongá-la um pouco mais na memória dos espectadores (e dos membros da Academia).

Como com os anteriores, aqui fica “A Matter of Loaf and Death” (a qualidade não é a melhor, mas foi o que se conseguiu arranjar), for your consideration

Concluindo, e após vos ter mostrado todos os nomeados, “A Matter of Loaf and Death” poderá partir em vantagem, mas quer “French Roast“ quer “The Lady and The Reaper” têm argumentos para levar a estatueta para casa. A grande surpresa nesta categoria poderá ser “Logorama”, que é um filme tão fora do normal que poderá cativar por isso, sendo imprevisível o efeito que poderá ter nos membros da Academia. Curioso é que, sendo a Academia Americana de Cinema a premiar, todos os nomeados serem da Europa ocidental. a minha aposta (arriscada) vai para “The Lady and The Reaper”.

E vocês, qual a vossa previsão e qual o vosso preferido? A discussão está aberta nos comentários aqui em baixo…

Deixe um comentário