Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

Oscars 2011 – Nomeado Para Curta de Animação 5/5 – “Madagascar, Carnet de Voyage”.

em: 2011/02/27 | por: | em: Cinema, Crítica | Sem comentários em Oscars 2011 – Nomeado Para Curta de Animação 5/5 – “Madagascar, Carnet de Voyage”. | lido: 2.597 vezes

Depois de  “Day & Night“, “The Gruffalo“, “Let’s Pollute” e “The Lost Thing“, este é o quinto dos cinco nomeados para o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação. “Madagascar, Carnet de Voyage” é um magnifico pequeno filme francês de Bastien Dubois, que mais não é do que a transposição para filme do caderno em que registou em imagens e palavras a sua viagem a Madagáscar.

E o resultado é belíssimo, com uma mistura de diferentes tipos de animação, mas sobretudo a tradicional, reproduzindo desenhos originais a que o movimento dá uma outra dimensão e beleza. As variações correspondem a diferentes momentos da viagem e a pequenos apontamentos que Dubois decidiu destacar.

Desde as paisagens aos costumes, das cores aos sons, das cidades à Natureza, das populações aos indivíduos que marcaram Dubois na viagem, tudo está registado nestes 11 minutos, reproduzindo uma visão encantadora da ilha, que se revela uma boa surpresa.

Resumindo, “Madagascar, Carnet de Voyage” é um filme belíssimo e o meu preferido a ganhar a estatueta logo à noite, apesar de achar isso pouco provável. A minha aposta vai para “Day & NIght” da Pixar, que mais uma vez acerta na mouche e faz um filme que agrada a todos. Contudo, este pequeno filme de Dubois, merece ser destacado. Podem vê-lo na íntegra já a seguir.

Classificação: 5/5

 

 

 

Deixe um comentário