Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

Oscars 2013 – Nomeado Para Curta de Animação 2/5 – “The Simpsons: The Longest Daycare”.

em: 2013/02/03 | por: | em: Cinema, Crítica | 1 comentário em Oscars 2013 – Nomeado Para Curta de Animação 2/5 – “The Simpsons: The Longest Daycare”. | lido: 2.914 vezes

Depois de  “Fresh Guacamole“, este é o segundo dos cinco nomeados para o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação, e é um dos pesos-pesados do grupo. Com a chancela da Gracie Films e parte da sua lucrativa série, “The Simpsons”,  “The Longest Daycare” é um pequeno, divertido e terno filme centrado na mais nova filha de Hommer e Marge.

Como o próprio nome indica, vamos acompanhar a pequena Maggie num longo dia no infantário, numa aventura em que tentará salvar uma borboleta do bully de serviço.

Realizado por David Silverman, o mesmo de “The Simpsons Movie” ou “Monsters, Inc.“, o filme deixa um pouco a desejar por várias razões, começando pelo título. É que, terminado o filme, ficamos com a sensação de que este longo dia na creche deve ter durado uma boa meia hora. Isto deve-se ao pouco conteúdo do argumento, sendo que a passagem do tempo não é aqui bem conseguida.

E é ainda nesse ponto que o filme mais mostra a sua fragilidade; no argumento. É certo que existem alguns gags interessantes, mas o cerne da estória é demasiado simples e não tem grandes reviravoltas, o que, no contexto da série que referencia, fica muito aquém do que é esperado.

Mas nem tudo é mau no filme de Silverman. Além dos gags visuais já referidos, salva-se a música de Hans Zimmer, que eleva muito a emotividade do filme, mesmo não conseguindo fazer nenhum milagre.

Talvez eu esteja a ser muito exigente com um filme que se quer curto e introdutório a uma longa metragem (neste caso era “Ice Age: Continental Drift“), mas a Disney e a Pixar já provaram que se pode fazer muito melhor nesse campo. “Os Simpsons” mereciam mais.
 
Classificação: 3/5
 

Nota: No último artigo disse que um dos 5 filmes nomeados ainda não estava disponível. Entretanto, um dos que estava deixou de estar. Vou estar atento e assim que estiverem online serão publicados nesta série.

Update: Os cinco filmes já estão disponíveis aqui no laxanteCULTURAL.

Deixe um comentário