Sugestões para o Halloween 2017 no Netflix.

Sugestões para o Halloween 2017 no Netflix.

Chegou a altura do ano em que vos faço algumas recomendações para o Halloween. Desta vez, e porque o Netflix se tem tornado uma plataforma ca. [...]

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Porto 7” 2011 – Rescaldo e Vencedores.

em: 2011/06/15 | por: | em: Cinema, Porto 7 | 2 comentários em “Porto 7” 2011 – Rescaldo e Vencedores. | lido: 2.580 vezes

Terminou este domingo mais uma edição, a quarta, do “Porto 7 – Festival Internacional de Curtas-metragens do Porto“. E é justo dizer-te que o festival caminha a passos largos para ser uma das referências no género em Portugal. Por um Rivoli que pecou quase sempre por uma audiência escassa, passaram belíssimos filmes (e outros não tão bons, como é normal), convidados portugueses e internacionais, os cinéfilos do costume e um staff que, mais uma vez, demonstrou uma simpatia e amor à camisola exemplares. Na cerimónia de encerramento que decorreu no Hard Club, foram entregues muitos prémios e menções honrosas do festival. A começar por estas últimas, foram distinguidos Tanel Toom (já falei dele aqui), Igor Spacek (já faz parte da mobília, este criativo e multifacetado artista brasileiro), O secretário da Cultura de Atibaia, Edson António Gonçalves (Beleza), o Hard Club e , dos Barrako 27.

Nas sessões competitivas, os prémios foram mesmo para alguns dos mais marcantes filmes do festival:

Animação:

Menção honrosa – “Les bessones del carrer de Ponent“, de Marc Riba & Anna Solanas, Espanha

Melhor filme – “Conto do Vento“, de Claudio Jordão e Nelson Martins, Portugal

Videoclips:

Melhor videoclip (ex-aequo) – Eatliz – “Lose This Child

Melhor videoclip (ex-aequo) – Big Mama – “Demolition Disco

Menção honrosa – Barrako 27 c/ Buli 2B – “Eu Quero A Liberdade Jah

Nacional:

Menção honrosa – “Temperar a Gosto“, de Susana Neves, Portugal

Melhor Filme -“A Parideira“, de José Miguel Moreira, Portugal

Ficção:

Menção honrosa – “Via Gori“, de George Barkakadze, Austrália

Melhor actor -“Peliculeros“, de Jose Lobillo, Espanha (actor – Luifer Rodriguez)

Melhor argumento – “The Astronaut On The Roof“, de Sergi Portabella, Alemanha

Melhor Filme – “Picnic“, de Gerardo Herrero, Espanha

Foram ainda entregues três menções honrosas do festival para documentários portugueses:

A Ria, a Água, o Homem” de Manuel Barbosa

Setúbal, Uma Galinha Que Não Canta” de António Aleixo

Electrodoc” de Fábio Mota

Uma palavra também para a excelente qualidade dos filmes extra-competição, exibidos nas sessões da tarde e que mereciam ter tido mais público. O Francisco Lobo de Ávila e a Elsa Santos Costa estão de parabéns pela organização de mais esta edição de um festival que, espero eu, tenha uma longa vida.

Uma última nota, desta vez pela negativa, para a Câmara Municipal do Porto e a sua continua falta de respeito pela cultura. Não se admite que um equipamento publico ao serviço da cultura, como é um teatro municipal, tenha uma qualidade de projecção multimédia tão fraca. Isso dificulta a tarefa a quem quer fazer algo pela cultura na cidade, a organização do “Porto 7” neste caso, e lesa o público que é privado das melhores condições de acesso à cultura. É que nem era preciso muito…

{ 2 Comentários… read them below or adicione um }

Manuel Fontes Junho 15, 2011 às 15:01

Boa tarde,

Podem-me dizer quem foi o vencedor e o menção honrosa da competição de videoclips? Não sei o que se passa com o site do Porto7 que não consigo aceder…

Responder

Pedro Afonso Junho 16, 2011 às 00:44

Olá Manuel. Já actualizei o artigo com a lista completa e os prémios específicos. Obrigado pela tua visita.

Responder

Deixe um comentário