10 Anos / 20 Escolhas #7 – 2015.

10 Anos / 20 Escolhas #7 – 2015.

O 7º convidado, que amavelmente aceitou o meu convite para participar nesta iniciativa de comemoração do 10º aniversário do laxanteCULTURAL. [...]

“Joker” – Poster e Teaser Trailer.

“Joker” – Poster e Teaser Trailer.

Quem segue este blog deve estar admirado por ver aqui uma publicação deste tipo. Fui pesquisar e desde Março de 2015 que não publicava um po. [...]

Fantasporto 2019 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2019 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Termina hoje a 39ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, com a exibição dos filmes premiados. Fiquem com a . [...]

“The Haunting Of Hill House” – A obra-prima de Mike Flanagan.

“The Haunting Of Hill House” – A obra-prima de Mike Flanagan.

Toda a gente que costuma ler as minhas sugestões para o Halloween sabe que sou um grande fã do Mike Flanagan desde “Oculus“, de 2013. . [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

Prémios Sophia 2014 – Os Vencedores.

em: 2014/10/09 | por: | em: Cinema, Crítica | Sem comentários em Prémios Sophia 2014 – Os Vencedores. | lido: 2.103 vezes

Aconteceu esta noite a segunda cerimónia de entrega dos prémios Sophia, da Academia Portuguesa de Cinema, cerimónia essa que, infelizmente, espelhou na perfeição o estado de sítio em que se encontra o Cinema Português. Começou nos nomeados, com duas produções televisivas truncadas para formato cinematográfico a arrecadar a grande maioria das nomeações. Continuou na falta de interesse e intenção da RTP em transmitir a cerimónia, depois de assegurar que o faria, negando ao cinema que é nosso o destaque que dá, por exemplo, às touradas. E continuou também e curiosamente, na ausência de grande parte dos vencedores e certamente também de muitos mais nomeados. Da transmissão via web, pouco há a dizer, pobrezinha e de má qualidade, sobretudo a nível de som. No entanto, alguns momentos merecem destaque: a comoção de Dalila Carmo ao anunciar a atribuição do prémio de melhor actor ao falecido Pedro Hestnes, o discurso eloquente, inflamado e sentido de José Fonseca e Costa, o bom humor de Anabela Moreira e os excelentes momentos musicais de Pedro Jóia a interpretar “Canção dos Verdes Anos” de Carlos Paredes e da sempre maravilhosa Gisela João a interpretar “Não Venhas Tarde“, de Carlos Ramos. Faço votos que, para o ano, sejam mais e melhores os filmes a concurso, que o cinema português esteja de melhor saúde, e que haja mais interesse de quem deveria fazer serviço público, para que a festa tenha mais brilho e menos amadorismo. Aqui fica a lista dos vencedores…

Melhor Documentário em Curta-Metragem:

– Almas Censuradas – Bruno Ganhão.

– A Máquina – Mafalda Marques.

– Lápis Azul – Rafael Antunes (Documentário).

– Casa Manuel Vieira – Júlio Alves.

– Fontelonga – Luís Costa.

 

Melhor Curta-Metragem de Animação:

– Carrotrope – Paulo D’Alva

– Outro Homem Qualquer – Luís Soares

– Ptolmus – Josemaria RRA

– Alda – Luís Catalo, Ana Cardoso, Filipe Fonseca, Liliana Sobreiro

– Brincar – Coletivo Fotograma 24 e Coletivo de Crianças, jovens e idosos de Guimarães

 

Melhor Curta-Metragem de Ficção:

– Longe do Éden – Carlos Amaral.

– Lápis Azul – Rafael Antunes.

– Gambozinos – João Nicolau.

– Luminita – André Marques

 

Melhor Documentário em Longa-Metragem

Ophiussa – Uma Cidade de Fernando Pessoa, Fernando Carrilho

Terra de Ninguém, Salomé Lamas

A Batalha de Tabatô, João Viana 

 

Melhor Música:

– Rodrigo Leão – O Frágil Som do Meu Motor.

– João Marco – Além de ti.

– As Mercenárias, Mentis afro (Boss) e Primeiro G – Um Fim do Mundo.

– Luís Cília – Até Amanhã Camaradas.

 

Melhor Montagem:

– Pedro Ribeiro – Até Amanhã Camaradas.

– Pedro Ribeiro – Quarta Divisão.

– João Braz – É o Amor.

– Miguel Costa, Gonçalo Frederico, Paulo Pinto, Bairro

– João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata – A Última Vez que Vi Macau.

 

Melhor Caracterização:

– Abigail Machado – A Republica di Mininus

– Rute Alves – RPG

– Cláudia Ferreira, João Rapaz, Sara Menitra e Helena Baptista – O Frágil Som do Meu Motor

– Magali Santana – 7 Pecados Rurais

– Sano de Perpessac – Comboio Nocturno para Lisboa

– Sano de Perpessac – Em Segunda Mão

– Susana Correia e Ana Ferreira – Até Amanhã Camaradas

 

Melhor Guarda-Roupa:

– Ana Simão – Em Segunda Mão

– Maria Gonzaga e Maria Amaral – Até Amanhã Camaradas

– Silvia Grabovwsky – 7 Pecados Rurais

– Teresa Alves – Bairro

 

Melhor Som:

– Carlos Alberto Lopes e Branko Neskov – Até Amanhã Camaradas

– Carlos Alberto Lopes, Branko Neskov (C.A.S), Elsa Ferreira e Pedro Melo – Quarta Divisão

– Pedro Vieira, Pedro Melo, Filipe Sambado, Ricardo Leal, Amélia Sarmento, Luís Bicudo e Paulo Abelho, João Eleutério – O Frágil Som do Meu Motor

– Vasco Pedroso e Branko Neskov – RPG

 

Melhor Direcção Artística:

– Augusto Mayer – Comboio Nocturno para Lisboa

– Isabel Branco e Paula Szabo – Em Segunda Mão

– João Martins – Até Amanhã Camaradas

– João Rui Guerra da Mata – A Última Vez que Vi Macau

 

Melhor Direcção de Fotografia:

– Carlos Lopes (A.I.P) – Quarta Divisão

– José António Loureiro – Até Amanhã Camaradas

– Mário Castanheira e Tiago Carvalho – É o Amor

– Rui Poças – A Última Vez que Vi Macau.

 

Melhor Realizador:

– Joaquim Leitão – Até Amanhã Camaradas

– Joaquim Leitão – Quarta Divisão

– João Canijo – É o Amor

– João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata – A Última Vez que Vi Macau

 

Melhor Argumento Original:

– António Pedro Figueiredo, Catarina Ruivo – Em Segunda Mão

– Leonardo António  – O Frágil Som do Meu Motor

– João Canijo e Anabela Moreira – É o Amor

– João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata – A Última Vez que Vi Macau

 

Melhor Actriz Secundária:

– Beatriz Batarda – Comboio Nocturno para Lisboa

– Carla Chambel – Até Amanhã Camaradas

– Joana de Verona – Em Segunda Mão

– Julie Sergeant – Bairro

 

Melhor Actor Secundário:

– Adriano Carvalho – Até Amanhã Camaradas  

– Adriano Luz – Até Amanhã Camaradas

– Adriano Luz – Comboio Nocturno para Lisboa

– Afonso Pimentel – Bairro.

– Carloto Cotta – Bairro.

– Marco D’Almeida – Comboio Nocturno para Lisboa.

 

Melhor Actriz Principal:

– Carla Chambel – Quarta Divisão.

– Leonor Seixas – Até Amanhã Camaradas.

– Maria João Bastos – Bairro.

– Rita Durão – Em Segunda Mão

 

Melhor Actor Principal:

– Cândido Ferreira – Até Amanha Camaradas.

– Gonçalo Waddington – Até Amanhã Camaradas. 

– João Lagarto – Bairro

– Pedro Hestnes – Em Segunda Mão.

 

Melhor Filme:

– A Última Vez que Vi Macau – BlackMaria.

– Até Amanhã Camaradas – MGN Filmes.

– Comboio Nocturno para Lisboa – Cinemate.

– É o Amor – Curtas-Metragens, CRL e MIDAS Filmes. 

– Quarta Divisão – MGN Filmes

Prémios Carreira:

– Eduardo Serra.

– José Fonseca e Costa.

– Henrique Espírito Santo.

Deixe um comentário