Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Source Code” – Poster e Trailers.

em: 2011/01/31 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “Source Code” – Poster e Trailers. | lido: 2.207 vezes

Faz quase dois anos que Duncan Jones surpreendeu o mundo com um filme de ficção cientifica minimalista e psicológico com apenas um actor numa base lunar. “Moon“, com Sam Rockwell, foi um dos mais elogiados filmes do ano (foi uma das minhas menções honrosas), e tornou o filho de David Bowie num dos realizadores mais promissores da actualidade, criando enorme expectativa sobre o seu próximo projecto. Ele aí está (estreia no dia das mentiras nos Estados Unidos), chama-se “Source Code” e conta com um elenco de luxo: Jake Gyllenhaal, Michelle Monaghan, Vera Farmiga e Jeffrey Wright.

E parece que Jones volta a tentar fazer algo de original em terrenos já bastante explorados no cinema americano. “Source Code” é um filme de ficção cientifica e acção em que um soldado acorda no corpo de outro homem, num comboio que está prestes a explodir, com a missão de encontrar o terrorista responsável pelo atentado. Ainda há pouco tempo vimos Tony Scott fazer algo de muito parecido em “Dejá Vú“, com bons resultados. Por isto, e pelo que nos foi dado ver nos trailers, a curiosidade para ver como Jones se vai safar é grande. Para já, as hipóteses são boas. Fiquem com o trailer e o trailer internacional:

Como sempre, podem deixar o vosso feedback nos comentários. Obrigado.

Deixe um comentário