Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“The Bridge” – A Série Que Vai Dominar A Noite Televisiva.

em: 2013/07/13 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “The Bridge” – A Série Que Vai Dominar A Noite Televisiva. | lido: 1.795 vezes

Estreia hoje em Portugal, três dias depois da estreia mundial, a nova série do canal F/X, “The Bridge“. Para começar, e indo directamente àquilo que é estranho, o primeiro episódio será exibido esta noite pelas 22h20 em todos os canais Fox (Fox, Fox Life, Fox Crime, FX e até Fox Movies e todas as variantes Hd), num total de 9 canais em simultâneo, numa acção inédita cuja única razão deverá ser o marketing, uma chamada de atenção para a estreia no sentido de captar o maior número de espectadores possível. Se a moda pega, qualquer dia temos 2 ou 3 opções em 14 canais diferentes. Mas vamos ao que interessa, “The Bridge é um remake de uma co-produção sueca e dinamarquesa, um recurso que a televisão americana tem usado ultimamente com bons resultados. Aliás, muitos críticos, também por isso, a têm comparado a “The Killing“, do canal AMC. Mas as comparações não se ficam por aqui, a nível de ritmo e ambiente, além do par de protagonistas as comparações são bastante fáceis de fazer. No entanto, isso não chega para diminuir o potencial da série, cujo piloto consegue um nível de qualidade bastante elevado.

“The Bridge” começa quando um corpo é deixado numa ponte que separa os Estados Unidos do México, mesmo em cima da linha de fronteira. Dois detectives, uma americana e um mexicano, terão de trabalhar juntos na caça a um serial-killer que actua dos dois lados da fronteira. Parece a nova moda da ficção televisiva, os serial-killers, mas “The Bridge” consegue ser bastante eficaz na forma como desenvolve a narrativa, os personagens e os conflitos, fazendo bom uso do tempo que o episódio duplo lhe proporciona e incorporando bons e eficazes twists. Os valores de produção são elevadíssimos, resultando em imagens magnificas com um tom e ritmo perfeitos para a sua apreciação. Os criadores e argumentistas são Elwood Reid e Meredith Stiehm, responsáveis por séries como “Cold Case“, “Hawaii Five-0“, “E.R.” ou “Homeland” e do elenco fazem parte nomes como Diane Kruger (“Inglorious Basterds“, Demian Bichir (nomeado ao Óscar de melhor actor por “A Better Life“), Ted Levine (o Bufallo Bill de “Silence Of The Lambs“) e Matthew Lillard (“Scream“, “The Descendents“). Esperemos que a produção consiga manter os elevados valores de produção e de argumento do episódio piloto, pois “The Bridge” é já uma série que, definitivamente, vale a pena ver e seguir.

Deixe um comentário