Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Fantasporto 2017 – Os Vencedores.

Termina este domingo mais uma edição do Fantasporto, a 37ª, com a exibição de alguns filmes premiados. A entrega de prémios decorreu este. [...]

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

“The Escape” volta a juntar a BMW a Clive Owen.

Foi em 2001 que a BMW revelou Clive Owen ao mundo, numa série de curtas-metragens onde um exímio motorista de aluguer era contratado para mis. [...]

Sugestões para o Halloween 2016.

Sugestões para o Halloween 2016.

Mais uma vez, venho-vos sugerir alguns filmes para esta altura do ano em que procuramos emoções fortes: o Halloween. São todos filmes deste a. [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“The Thing” (2011) – Poster, Fotos, Trailers, Spots TV e Jogos.

em: 2011/10/09 | por: | em: Cinema | Sem comentários em “The Thing” (2011) – Poster, Fotos, Trailers, Spots TV e Jogos. | lido: 3.455 vezes

Heresia! Foi a primeira coisa que pensei quando ouvi falar de um remake / reboot do magnifico filme de 1982 “John Carpenter’s The Thing“. O original é um dos filmes da minha vida, que eu vi em tenra idade (tinha 9 anos quando estreou, devo ter visto 1 ou 2 anos depois), e que me abriu os olhos para o horror mais autêntico e marcante, o suspense sufocante e inerente ao instinto de sobrevivência humano, mas, sobretudo, à honestidade da forma como a estória é contada. Ao longo dos anos revi-o inúmeras vezes, e esse fascínio foi aumentando e consolidando-se à medida que via making of’s e comentários áudio. A edição de coleccionador é um dos meus DVD’s de cabeceira, e um dos primeiros que comprei. A minha admiração e fanatismo por John Carpenter nasceu aqui. É por isso que sempre olhei para este “The Thing” com cepticismo e, confesso, desdém. Depois foram saindo novidades sobre o projecto e a coisa foi piorando. Uma protagonista feminina? Como é que se atrevem? O filme é uma prequela passada no campo norueguês, onde se fala inglês, quando no original de Carpenter os noruegueses falavam (imagine-se!) norueguês? Mas está tudo doido? Isto para não falar dos monstros, que obviamente serão criados em computador e não com as técnicas rudimentares e realistas usadas por Rob Bottin no original. Heresia!…

Ok, depois de tomar um xanax, resolvi dar ao filme uma oportunidade, e o material promocional que tem saído até nem é mau. O poster é interessante e mantém a ideia do crédito inicial do filme original (a luz e a imagem que surgem por detrás das letras). Fiquem com algumas fotos…

Aqui, nada de novo, apenas a sensação de dejá vú em relação ao filme original. Quanto aos trailers e spots de tv, podem ter algum interesse para quem não viu o filme de Carpenter, mas para os outros é apenas ainda mais dejá vú. Podem dizer que o filme é uma prequela, mas que parece um remake, parece. Apesar disso, parece ser interessante q.b. para os fãs de emoções fortes.

Mas há que realçar que o trabalho de promoção não se tem poupado a esforços para promover o filme. Há essencialmente três produtos divertidos a que podem aceder na net ou no vosso smartfone. Primeiro, temos um canal de sustos no youtube, com vários vídeos que podem enviar para quem quiserem… (clicar na imagem para aceder)

Temos também um site onde podemos criar um vídeo em que estamos possuídos pelo alien de “The Thing” e podemos enviá-lo para quem quisermos… (clicar na imagem para aceder)

E há ainda um jogo para smartfone (iPhone e Android), onde estamos armados com um lança-chamas e tentamos destruir possíveis ameaças…

Podem descarregar o jogo para iPhone aqui, e para Android aqui. Divirtam-se…

O filme é realizado pelo estreante Matthijs van Heijningen Jr. e conta com as interpretações de Mary Elizabeth Winstead, Joel Edgerton e Ulrich Thomsen. Estreia em Portugal a 13 de Outubro.

Deixe um comentário