Cinema 2019 – Os Melhores (e piores).

Cinema 2019 – Os Melhores (e piores).

Já há uns anos que não fazia uma lista de melhores do ano, mas este ano, talvez por termos completado 10 anos de actividade, resolvi retomar . [...]

Sugestões para o Halloween 2019.

Sugestões para o Halloween 2019.

Mais uma vez, trago-vos algumas sugestões de filmes para o Halloween, depois de ter falhado o ano passado. À semelhança de 2017, todas as sug. [...]

10 Anos / 20 Escolhas #10 – 2018.

10 Anos / 20 Escolhas #10 – 2018.

Para terminar a iniciativa de comemoração do 10º aniversário do laxanteCULTURAL, temos o amável contributo da Rita Santos, a.k.a. FilmPuff,. [...]

“The Haunting Of Hill House” – A obra-prima de Mike Flanagan.

“The Haunting Of Hill House” – A obra-prima de Mike Flanagan.

Toda a gente que costuma ler as minhas sugestões para o Halloween sabe que sou um grande fã do Mike Flanagan desde “Oculus“, de 2013. J. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“True Blood” – Promo 2ª Temporada

em: 2009/05/02 | por: | em: Televisão | Sem comentários em “True Blood” – Promo 2ª Temporada | lido: 2.020 vezes

Malta do “Dexter“, ponham os olhos nisto. “True Blood” foi a série que estreou na temporada passada, que mais fãs criou, que mais correspondeu às expectativas e que mais discussão gerou por essa Internet fora. Criada por Alan Ball, argumentista de “Beleza Americana” e criador de uma das melhores séries dos últimos tempos, “Sete Palmos de Terra“, que aqui entra no mundo dos Vampiros, misturando-o com a pacata e aparente normalidade de uma cidade do Texas. “True Blood” tem uma galeria de personagens sólida, narrativa bem estruturada, excelente direcção artística e interpretações muito bem conseguidas (Anna Paquin, menina oscarizada por “O Piano“, já ganhou um Globo de Ouro pela sua excelente interpretação de Sookie). Agora, com as expectativas ainda mais elevadas, todos aguardam o que se segue. E aqui temos a mais recente promoção da próxima temporada. E é brilhante. Mais uma vez, como disse em relação a Dexter, uma promoção não tem de nos atirar com imagens dos próximos episódios, descontextuadas e a um ritmo que dificulta a sua visualização. Antes deve, apenas e só, pôr-nos a par do seu contexto, do seu imaginário, do seu tom, com imagens igualmente apelativas mas sem relação com uma estória ou situação. E, juntando-lhe o último single de Bob Dylan, que aqui assenta como uma luva, fica uma promoção que, tal como a série, se vê e revê, e revê, e revê…

Deixe um comentário