Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Fantasporto 2018 – Vencedores e horários das sessões dos filmes premiados.

Chega amanhã ao fim a 38ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, e já existe palmarés. Antes de o divul. [...]

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Fantasporto 2018 – Dias 1, 2 e 3.

Concluímos a divulgação da programação do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto, no Grande Auditório do Rivoli – Te. [...]

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

A Floresta Das Almas Perdidas – Terror Luso, Melancólico e Poético.

Há alguns anos que conheço e acompanho o trabalho do José Pedro Lopes e do Anexo 82. Com uma interessante colecção de curtas-metragens no . [...]

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

“Os Vampiros”, de Filipe Melo e Juan Cavia – Crítica.

Antes de mais, quem conhece este cantinho sabe que eu sou um fã do Filipe Melo e do Juan Cavia. Já antes escrevi com entusiasmo sobre alguns . [...]

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

“Nada Tenho De Meu” – A Utopia da Liberdade.

Antes de mais, devo dizer que sou fã do “José e Pilar“, do Miguel Gonçalves Mendes, e era com expectativa que aguardava o seu pr. [...]

“Where The Wild Things Are” – Trailer

em: 2009/07/26 | por: | em: Cinema | 1 comentário em “Where The Wild Things Are” – Trailer | lido: 2.009 vezes

Spike Jonze é um dos mais originais realizadores da actualidade, característica que já lhe é atribuída desde o tempo em que fazia videoclips (“It’s Oh So Quiet” de Björk ou “Weapon of Choice” de Fatboy Slim com Christopher Walken são 2 bons exemplos disso). Com apenas dois filmes no currículo como realizador (“Queres Ser John Malkovich” ou “Inadaptado“, ambos escritos por Charlie Kaufman), as especulações sobre o seu projecto seguinte despertavam sempre grande curiosidade.

E depois de se saber que seria a adaptação de “Where The Wild Things Are“, romance de culto de Maurice Sendak, a excitação por parte de quem conhece o livro foi mais que muita. Para mim que não o conheço (se calhar é uma falha grave), o nome de Jonze aliado ao trailer que vos vou mostrar chega e sobra.

Tudo neste trailer (e provavelmente no filme) respira inocência e fantasia. E há algo de nostálgico (quem não sonhou acordado com  criaturas estranhas que se tornavam nossos melhores amigos na infância?) e ternurento nestas imagens que ilustram a estória de Max, uma criança que, mandada para a cama sem jantar, cria o seu próprio mundo: uma floresta habitada por ferozes criaturas selvagens que o coroam como seu líder. O elenco que dá voz às criaturas é muito bem recheado (James Gandolfini, Forest Whitaker e Catherine O’Hara entre outros), a fotografia de Lance Acord parece fantástica e a realização de Jonze, segura e apropriada ao tom surreal da estória. Por aqui, a curiosidade é muita. Estreia a 26 de Novembro.

Deixe um comentário